Inseminação artificial em cavalos Quarto de Milha

A inseminação artificial tem sido a principal técnica utilizada para aumentar o número de potros obtidos de um único cavalo Quarto de Milha e até mesmo como uma alternativa quando o cruzamento natural se torna impossível.

Entre as técnicas de inseminação artificial mais utilizadas estão:

Sêmen Fresco – quando a inseminação é feita logo após a coleta do sêmen;
Sêmen Refrigerado – quando o sêmen é refrigerado de 24 a 48 horas, em uma temperatura que varia de 5ºC a 15ºC;
Sêmen Congelado – quando o sêmen é armazenado por tempo indeterminado a uma temperatura de -196ºC.

Vantagens da inseminação artificial em cavalos Quarto de Milha:

• agilidade no processo de inseminação;
• controle de doenças sexualmente transmissíveis
• diminuição de custos com compra de garanhões superiores

Esses benefícios fazem com que o congelamento e refrigeração de sêmen se torne uma rotina em muitos haras. No Brasil, seis das dez maiores associações de cavalos permitem o uso do sêmen congelado.

Entretanto, cabe lembrar que como qualquer outra técnica, a inseminação artificial deve ser realizada por profissionais capacitados, a fim de que se evite resultados indesejados.